52. Homelands... :)

Um dos meus grandes vícios já lá vai um tempinho... :)
Brutalmente nostálgica... ritmada, com uma pitada de mistério imerso em sensualidade...

O místico que deixa-me a dançar tempos sem fim...

(finalmente algum vídeo que ilustre esta música)



Tudo o que quiser
tem que entender...
nas palmas da mão,
se tiver porquê...

Frágil nessa terra,

frágil derrubou...
quando jogou fora
tudo acabou...


Beijos.

1 comentário:

didier disse...

Obrigado pelas palavras com que beijaste o meu blog.

Tb adicionei-te para então seguir os passos poéticos das tuas artes (dança e poesia).

beijos do,
Didier.

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Azul e Aquariana... Muitas facetas numa só...